segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Fui ver... e...


"Maria é ambiciosa, calculista, irresistível. Tem domínio sobre os homens mas, acima de tudo, sobre a vida dela própria. É ela a "Call Girl", a protagonista do mais recente filme de António Pedro Vasconcelos, o mesmo realizador de "O lugar do morto" e "Jaime", dois dos maiores sucessos do cinema português. A intriga policial com laivos de corrupção junta autarcas, empreendedores imobiliários e agentes da Judiciária unidos pela teia de uma mulher fatal. "
Posto isto, o filme até nem é nada de especial...
Fala de putas finas, corrupção, da judiciária... mas podia ser melhor, ter conteúdo!
No final concluí que:
- os portugueses se sentem incomodados com cenas de nu e sexo e então riem desalmadamente durante os mesmos;
- os portugueses se sentem incomodados com asneiras ( e neste filme não são poucas) e então riem desalmadamente;
Fiquei na dúvida. Seria o filme uma comédia e eu não percebi??
Que era básico... isso era.
Vale pelo corpinho da Soraia Chaves!!Os meninos até babavam...
Já disse ao meu namorado que não vale a pena ir ver porque não é grande coisa... o filme!!!
Beijinhos e boa semana.

3 comentários:

Rita disse...

Esse não vou ver. Para ver gajas nuas vejo a Playboy e não tenho que gramar com o Nocolau Breyner e o Joaquim de Almeida...
Jokas

meluna disse...

Ainda se valesse o argumento....agora se é só para ver a rapariga nua, tou fora!
Ainda bem que avisas! ;))

Beijinho,boa semana!

calimero disse...

eu nao vou porque a abelha maia nao quer ah ah ah ah